logo-mcti

logoempauta

logo-museu

     

 
 

Mesa redonda discute biodiversidade amazônica no contexto da Rio +20

Avalie este item
(0 votos)

Especialistas apresentam um panorama da ciência, das estratégias de conservação e do modelo de desenvolvimento na Amazônia

No dia 18 de maio, um mês antes da esperada Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio +20, o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) promove o evento "A biodiversidade da Amazônia no contexto da Rio +20", com o apoio dos projetos INCT Biodiversidade e Uso da Terra na Amazônia e do PPBio Amazônia Oriental. O objetivo é incitar o debate público sobre a importância da diversidade biológica da região para o seu desenvolvimento científico, tecnológico e sustentável. A programação conta com uma mesa redonda, além do lançamento do Censo da Biodiversidade e do prospecto Espécies do Milênio, ambos organizados pelo Museu Goeldi.

Na mesa redonda "A biodiversidade amazônica no contexto da Rio +20", especialistas mostram o panorama da ciência, da conservação e da economia na Amazônia. O debate é aberto ao público e poderá ser acompanhado online pelas redes sociais Livestream e Facebook. O público também poderá participar enviando perguntas pelo Twitter.

O contexto amazônico às vésperas da Rio +20 - Nesta região cercada de superlativos, contrasta o nível de conhecimento científico acumulado sobre sua riqueza natural. Ainda são poucos os pesquisadores residentes nesta vasta e complexa região. Esse quadro é apontado pelo Dr. Ulisses Galatti, pesquisador e coordenador de Pesquisa e Pós-Graduação do Museu Emílio Goeldi, que inicia a mesa com a palestra "Avanços e desafios para o conhecimento da biodiversidade da Amazônia no período 1992-2012".

O Dr. Peter Mann de Toledo, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), ex-Diretor do Museu Goeldi e do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp), prossegue com a palestra "Conservação e desenvolvimento: uma complexa equação na Amazônia". A palestra abordará as dificuldades de conservar a biodiversidade da região, dentre as quais as principais ameaças seriam as mudanças climáticas e os desmatamentos, resultados do modelo de desenvolvimento moderno.

O Dr. Alex Fiuza de Mello, atual Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PA) e ex-reitor da Universidade Federal do Pará, finaliza com a palestra "O desafio de uma nova economia para o desenvolvimento da Amazônia", apresentando um entendimento do que deve ser a "economia verde" para a Região Amazônica e Brasil.

Lançamentos – Durante o evento, será lançado o prospecto "Espécies do Milênio – Novos animais, plantas e fungos", que apresenta as espécies descritas pelos pesquisadores do Museu Goeldi entre os anos de 2000 e 2011. Nela consta a lista das 130 espécies – 49 da flora e 81 da fauna – e informações sobre a importância de inventariar e descrever a biodiversidade da Amazônia. Para saber mais sobre as Espécies do Milênio, clique aqui para ler a notícia, assistir ao vídeo e ver a versão digital do prospecto.

Também será lançado o Projeto Censo da Biodiversidade, uma iniciativa do Museu Goeldi no âmbito do Programa Biodiversidade da Amazônia, que tem como objetivo organizar e tornar público o conhecimento sobre a riqueza biológica da região. O Censo apresenta inicialmente a lista de espécies do estado do Pará. O próximo objetivo é construir a Lista de Espécies do Bioma Amazônia através do esforço colaborativo com outras instituições. Para saber mais sobre o Censo da Biodiversidade, clique aqui para acessar a notícia e vídeo.

Rio +20 – A Conferência acontece entre os dias 13 e 22 de junho deste ano, no Rio de Janeiro. O evento marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento – Rio-92 e deve renovar o compromisso político com o desenvolvimento sustentável, avaliando o progresso e as falhas na sua implementação, e definindo estratégias de desenvolvimento sustentável para os próximos anos. Seus principais temas serão: a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza; e, a estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável.

Serviço: "A biodiversidade da Amazônia no contexto da Rio +20" - Lançamento do Censo da Biodiversidade e Espécies do Milênio

Dia 18 de maio, às 9h, no Auditório Paulo Cavalcante do campus de pesquisa do MPEG, situado na Av. Perimetral, nº 1901.

Texto: Luena Barros


Ler 1934 vezes Última modificação em Quarta, 09 Maio 2012 18:55
 
 
 
 
 

EXPEDIENTE

Publicação da Assessoria de Comunicação Social do Museu Paraense Emílio Goeldi.
Fale conosco: comunicacao@museu-goeldi.br ou pelo (91) 3219-3312

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados ao Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG)                   

Administração